Ticeduca
Você está em: Notícias
04/03/2013 10:13:44
Alunos da rede pública terão acesso a livros digitais

O Ministério da Educação – MEC planeja, até 2015, dar acesso a materiais digitais aos alunos da rede pública. Já consta no edital do Programa Nacional do Livro Didático – PNLD a distribuição de materiais multimídia junto com livros impressos e digitais. Os alunos terão acesso a vídeos, áudios, animações, infográficos, mapas interativos, páginas da web e outros objetos que complementarão as informações contidas nos textos.


Para a pesquisadora da Fundação Getulio Vargas – FGV, Priscilla Tavares, a digitalização do material didático apresenta pontos favoráveis. “Avaliações do ensino reportam que os alunos não frequentam a biblioteca por falta de interesse pela leitura. Por outro lado, além de atrair, essas obras têm alcance restrito: o aluno, em casa, pode não ter computador ou internet”, declarou. Dados do Ibope Media mostram que, no terceiro trimestre de 2012, 94,2 milhões de brasileiros – menos da metade (47,5%) –, tinham acesso à internet.
Para melhorar o acesso, o MEC já distribuiu 382.317 tablets. A meta é chegar a 600 mil até o final deste ano. Na primeira etapa, os equipamentos serão destinados a professores de escolas de ensino médio. Apenas o Amapá e o Maranhão não aderiram ao programa.

Estão previstos conteúdos de domínio público e outros disponibilizados pelo Ministério e pela Khan Academy. Por ano, o MEC investe cerca de R$ 1 bilhão via PNLD.

Fonte: http://www.blogeducacao.org.br.